Home  /  Saúde da Mulher Anticoncepção e a Retirada do Útero

Anticoncepção e a Retirada do Útero

Na maioria das vezes por doença benigna e felizmente em menor porcentagem por doenças malignas.

Uma doença benigna é aquela bem tratada é plenamente curada. A maligna é aquela que mesmo com todos os recursos que temos na medicina moderna pode levar à morte.

Na maioria dos países quando se indica cirurgia de útero, não é avaliado
em cada paciente a dimensão desta cirurgia no aspecto psicológico da mulher. Por isso, sempre que por uma doença benigna (por exemplo: miomas) foi indicado à retirada é importante que você discuta com seu médico o valor afetivo que seu útero tem pra você.

Muitas vezes mais naturalidade essa perda e consequentemente a suspensão de sua menstruação.
Em algumas regiões do país os homens não aceitam ter relação sexual com mulheres sem útero.

A grande novidade é que o uso contínuo de anticoncepcionais, orais ou injeções trimestrais ou modernos os implantes que chegando ao Brasil, podem bloquear algumas doenças benignas e porque não evitar uma cirurgia.

Ouça sempre duas ou três opiniões de ginecológicas diferentes quando for indicada uma cirurgia de retirada do seu útero.
Por que em uma boa parte dos casos pode-se evitar uma cirurgia.
Avise seu médico porque esse tipo de atitude não desvaloriza a confiança em relação ao trabalho dele. Afinal, é o seu útero que está sendo retirado.

Depoimentos


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/drmal031/public_html/modules/mod_rsmonials/mod_rsmonials.php on line 61

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/drmal031/public_html/modules/mod_rsmonials/mod_rsmonials.php on line 43
Para uma profissional como eu, as dificuldades do ciclo interferem não só no humor, como também na estética e peso corporal. Com os implantes hormonais do Dr. Malcolm, não só os sintomas da TPM desapareceram como também a dor no seio que tanto me irritava. É um anticoncepcional moderno...

Emanuele de Paula - Modelo - 06.04.11

DST

Gravidez

Implantes

Métodos Contraceptivos

Menopausa

Menstruação

Saúde da Mulher

Sexualidade