Home  /  Gravidez O Álcool e a Gravidez

O Álcool e a Gravidez

Na sociedade moderna, a ingestão de bebidas alcoólicas tem aumentado sensivelmente entre as mulheres. É importante reconhecer as gestantes que ingerem álcool, tanto sobre a mãe quanto sobre o feito. O álcool ultrapassa a barrira placenta e alcança a circulação do feto. O álcool ultrapassa a barreira placentária e alcança a circulação do feto que, pela deficiência da enzima do álcool, metaboliza-o lentamente.

A ocorrência de aborto espontâneo entre bebedoras exageradas de álcool (30 ml de álcool/dia) já está comprovada. Os filhos alcoólatras podem apresentar várias alterações morfológicas e funcionais, o que constitui a chamada síndrome alcoólica fetal. Ela inclui características de alterações faciais, disfunção do sistema nervoso central e déficit de crescimento.

Entre as gestantes consideradas bebedoras modernas, os achados da síndrome podem ser mais limitados. Já naquelas onde o consumo de álcool é exagerado, até 56% dos filhos podem apresentar a síndrome alcoólica fetal. A mortalidade nos casos desta síndrome pode chegar a 17%.

Assim, queridas leitoras o conselho mais correto é o de permitir seu uso somente em ocasiões especiais e em quantidades pequenas.

Depoimentos


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/drmal031/public_html/modules/mod_rsmonials/mod_rsmonials.php on line 61

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/drmal031/public_html/modules/mod_rsmonials/mod_rsmonials.php on line 43
Com todos os papéis de supermulher que temos que cumprir hoje em dia fica difícil não fazermos juz ao rótulo de complicadas. Quer saber, eu sou complicada sim. Adoro um “Ismo” na minha vida, Romantismo, sentimentalismo... O importante é se sentir inteira, aceitando os defeitos e principa...

Sheila Mello - bailarina e atriz - 28.08.09

DST

Gravidez

Implantes

Métodos Contraceptivos

Menopausa

Menstruação

Saúde da Mulher

Sexualidade