Home  /  Sexualidade O Teatro da Vida

O Teatro da Vida

Sabemos que muitas pessoas têm dificuldades para iniciar sua vida sexual e para viver o sexo de forma saudável, tranquila e prazerosa. E que até mesmo consideram a sexualidade um "palavrão".

Nossa intenção é dar algumas dicas para que você possa se informar, refletir e, de acordo com seus valores pessoais e suas crenças, tentar organizar um pouco melhor sua sexualidade.

Inicialmente, vale dizer que são poucas às pessoas, em nosso meio, com coragem de serem elas mesmas. A maioria das pessoas adota papéis, veste máscaras e utiliza disfarces, como se fossem atores.

Mais especificamente na educação das meninas, são comuns conselhos como "não faça essa cara triste", "ponha um sorriso nessa cara", "seja gentil", "não desarrume o vestidinho". Como num teatro, as máscaras, as roupas e os gestos ensaiados são aplaudidos pela platéia e a criança passa a acreditar que, com esses disfarces, conquistará a aprovação e o amor dos pais.

A partir desse momento, a criança passa a viver um tipo de vida que não faz parte de seus desejos mais profundos. Essa representação é diariamente reprisada até a adolescência, continua na fase adulta e, muitas vezes, é enterrada junto com uma vida sem graça e sem poesia, porque a poesia está em viver o que é nosso.

Quando somos autênticos, vivenciamos situações de romance e aventura com estilo e brilho. Quando gastamos muita energia nos disfarces, ficamos com saldo pequeno, ou até mesmo negativo, para viver o que é nosso com criatividade. Esse desgaste contínuo vai acabando com as substâncias químicas responsáveis pelo prazer e pela motivação na vida (serotonina), e esse é o caminho mais rápido para, no futuro, marcarmos encontro com a depressão e com o estado de pânico.

Na fase adulta, os personagens adotados na infância começam a causar alguns problemas, levando grande parte das pessoas a tentar livrar-se deles com remédios para o "nervoso" (ansiedade) e para a "tristeza" (depressão).

Depoimentos


Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/drmal031/public_html/modules/mod_rsmonials/mod_rsmonials.php on line 61

Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/drmal031/public_html/modules/mod_rsmonials/mod_rsmonials.php on line 43
Com todos os papéis de supermulher que temos que cumprir hoje em dia fica difícil não fazermos juz ao rótulo de complicadas. Quer saber, eu sou complicada sim. Adoro um “Ismo” na minha vida, Romantismo, sentimentalismo... O importante é se sentir inteira, aceitando os defeitos e principa...

Sheila Mello - bailarina e atriz - 28.08.09

DST

Gravidez

Implantes

Métodos Contraceptivos

Menopausa

Menstruação

Saúde da Mulher

Sexualidade